Páginas

sábado, 7 de março de 2015

Emoção ou planejamento?

Internacional x Vasco, na decisão de 1979: tempos que os estaduais
classificavam para o Brasileirão! (foto: divulgação)
O assunto "volta do mata-mata" no Brasileirão voltou à pauta dos clubes.

Não vou entrar no mérito sobre o melhor formato para o futebol brasileiro, até porque é fato que os pontos corridos premiam a equipe mais regular. E em todo país, principalmente os europeus, existe o campeonato e a copa. Um torneio de pontos corridos e outro de jogos eliminatórios.

Bom, voltando. Já que a cultura do nosso torcedor é de finais e jogos eliminatórios, que tal então reintegrar estaduais e Brasileirão, como era feito nos anos 70 e início dos anos 80?

Seriam sete meses de estadual, aonde sairiam 48 times para a disputa do Brasileirão, com vagas definidas de acordo com o ranking de federações da CBF - e garantindo, ao menos, a cada federação ter o seu representante.

Baseado no atual ranking, seria algo assim: 6 de SP, 5 do RJ, 4 de MG, 3 do RS, PR e SC, 2 de GO, PE e BA e 1 de cada uma das federações restantes.

A fórmula obedeceria o padrão de Copa do Mundo: oito grupos de seis times cada. Turno e returno, passando os dois melhores. Daí pra frente, oitavas, quartas, semifinais e finais. Seriam 18 datas. Pouco mais de quatro meses.

E se a CBF quiser eliminar custos, pode fazer o campeonato em uma única região ou estado (não teria turno e returno). Regulamento parecido com a Copa dos Campeões de 2002. Escolheria-se uma região (ou um estado, como por exemplo, São Paulo) e fariam os jogos todos nos locais indicados, no mesmo estilo com que é disputada a Copa do Mundo. Seria um Brasileirão bem rápido, com pouco mais de dois meses de disputa, com jogos quarta e domingo, quarta e domingo.

É a única maneira de fazer um Brasileirão com mata-mata e continuar dando a importância aos estaduais que todos “amam”.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!