Páginas

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Enfim, o fim!

Como é bom o sabor de um troféu nacional, hein? (foto: Getty Images)
Nada como acabar com o jejum de títulos nacionais contra o maior rival.

O Atlético-MG superou o Cruzeiro e ficou com o título da Copa do Brasil. De quebra, se garantiu na Libertadores e evitou a tríplice coroa do time celeste.

O Galo foi melhor o jogo todo. Acertei meu prognóstico: foi uma partida modorrenta, já que o atual campeão brasileiro não foi nem sombra do time que pôs a concorrência no bolso. Título mais que merecido. Desde 1971 que o alvinegro forte e vingador não sabia o que era levantar uma taça nacional.

Agora sabe!

Já dá pra dizer que, depois de um vice-campeonato nacional (2012), uma Libertadores (2013), uma Recopa e uma Copa do Brasil (2014), o Atlético-MG voltou ao rol dos grandes, depois de alguns anos apenas assistindo ao rival azul empilhar títulos.

Consequência de uma boa rivalidade, um bom time, planejamento e vontade de vencer! As piadinhas acabaram!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!