Páginas

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

A prata que valerá ouro

Lewis Hamilton está à frente no campeonato. Mas correrá muito
pressionado! (foto: reprodução TV / Sky Sports)
Hoje vai ter que ser só nos tópicos. Obra da falta de atualização do meu blog. Desculpem.

Chegou a hora da decisão. Nico Rosberg e Lewis Hamilton. Um dos dois sairá de Abu Dhabi com o título nas mãos. O alemão tem 17 pontos de desvantagem e, para se tornar o primeiro campeão da mesma nacionalidade da campeã mundial de futebol, precisa vencer e torcer para Hamilton ser o terceiro.

Ou seja, o inglês corre para ser segundo.

Se eu sou o Rosberg, fico atrás do companheiro de equipe, pressionando-o a um erro. Se Rosberg disparar em primeiro, Hamilton dispara em segundo e o caneco já era.

Mais do que velocidade e perícia para guiar no horrível circuito da capital dos Emirados Árabes, o psicológico valerá e muito.

Será também a última prova de Sebastian Vettel na Red Bull. O alemão, tetracampeão, estampará seu número 5 no carro da Ferrari, o que significa que, muito provavelmente, Fernando Alonso levará o 14 para a McLaren. Para correr com Kevin Magnussen.

Ainda há vagas em aberto.

Recuperação e adversidades

Outros dois pilotos (que não voltarão às pistas) têm situações distintas. Jules Bianchi saiu do coma, respira sem a ajuda de aparelhos, mas segue em estado crítico. De qualquer forma, pode ser tratado em casa.

Já Michael Schumacher está numa cadeira de rodas, sofre com falta de memória e tem dificuldades para falar e se movimentar. Palavras de Phillip Streiff, que ficou paralítico após um mau atendimento médico depois de um grave acidente em Jacarepaguá.

Uma pena para o heptacampeão. Sua alma deve estar agoniada.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!