Páginas

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

A glória máxima

Kevin Harvick está na história! (foto: Chris Graythen / Getty Images)
Um novo nome surge na galeria de campeões da Nascar: Kevin Harvick.

Em uma corrida espetacularmente decidida nos detalhes, o #4 superou seus adversários na disputa do Chase, venceu a prova e agora é parte da história do esporte a motor.

Os quatro finalistas estudavam-se durante as primeiras voltas, exceto Ryan Newman, que largou muito atrás e teve que recuperar terreno com o passar da prova. Juntamente com Denny Hamlin e Joey Logano, Harvick se manteve sempre entre os oito primeiros.

Houve vezes que os quatro estavam entre as cinco primeiras posições. Jeff Gordon era o intruso e parecia que levaria a prova. Mas na parte final, Hamlin e Harvick tomaram a ponta. Logano vinha em quarto e Newman já aparecia em sexto!!

Aí começaram os problemas: Logano perdeu tempo demais em seu último pit stop. O macaco hidráulico foi acionado para a troca dos pneus... e a carenagem quebrou-se, junto com parte da lateral do #22. O carro tombou, não levantava mais e foi preciso um esforço sobrenatural para inclinar o carro no braço, trocar os pneus e devolver o piloto à pista. Na 29ª posição. Hamlin, após a penúltima bandeira verde, viu seu carro perder rendimento e ficou para trás, ao melhor estilo "esse aí passou, esse aí passou...".

Newman, de forma heroica, aparecia em segundo, mas já era tarde demais. Harvick abriu a distância que precisava para faturar o caneco. Em um ano atípico (os quatro finalistas nunca haviam conquistado o título), a festa foi dele e da Stewart-Hass. Que estará na Fórmula 1 em 2016.

E junto à mulher e o filho, Harvick era só alegria. E até o início da temporada 2015 será assim!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!