Páginas

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Xô, zica!!

Lorenzo vibra diante de Espargaró e Crutchlow: o pódio mais feliz da
temporada 2014! (foto: motogp.com)
Enfim, Jorge Lorenzo venceu!!

Na corrida de número 800 da história da categoria, o que não faltou foi disputa e imprevisibilidade. O circuito de Aragón foi palco de uma das mais malucas provas da história da motovelocidade.

Lorenzo não vencia desde o GP de Valência de 2013. Segundo o próprio, o domínio de Marc Marquez na atual temporada incomoda bastante, mas piorou quando Daniel Pedrosa e Valentino Rossi venceram corridas. Só faltava ele. Não falta mais.

Marquez segura sua moto após cair: teimosia que lhe
custou mais uma vitória! (foto: reprodução TV)
A prova foi debaixo de chuva, mas ela só veio pra valer nas voltas finais.

Àquela altura, Valentino Rossi já tinha caído seriamente. Levado para o hospital, foi constatada uma concussão, mas o italiano passa bem.

A Repsol / Honda queria se recuperar a todo custo. E estava conseguindo. Marquez e Pedrosa duelavam bonito pela ponta, até o #26 cair, já vítima da chuva que começava a cair mais forte no circuito espanhol.

Muitos foram para os boxes, incluindo Aleix Espargaró, Stefan Bradl e Cal Crutchlow. Lorenzo também foi, e passou a pressionar o #93.

Só que o líder do campeonato teimou em ficar na pista com os pneus slick. Resultado: Marquez caiu no saca-rolha e destruiu sua moto. Ainda voltou, fez a sua troca de moto e ainda voltou em 13º, à frente de Pedrosa.

Crutchlow e Espargaró se tocaram pelo
segundo lugar! (foto: motogp.com)
A disputa pelos outros dois lugares no pódio também foi genial. Espargaró conseguiu a segunda posição após a troca de moto. Mas viu Crutchlow se livrar de Bradl e passar a caça-lo. Os dois se tocaram na reta final, mas foram juntos ao pódio.

Aleix entra para a história como o primeiro piloto de uma equipe que não seja oficial e nem satélite a terminar entre os três primeiros. Disse, na coletiva, que "vai comemorar até o GP do Japão". Passou da hora dele ter uma moto bem melhor para guiar!

Marquez ainda é o líder, com 292 pontos. Mas vê a vantagem cair. Por sorte, Pedrosa tem 217. Rossi aparece com 214 e Lorenzo subiu para 202.

O lance polêmico: o toque de Alex Marquez em Jack Miller!
(foto: motogp.com)
Nas outras duas "divisões", pouco a dizer: muita disputa, como sempre. Na Moto2, Maverick Viñales deu um show, colocou uma luneta em cima de Esteve Rabat e conseguiu sua segunda vitória na categoria.

Rabat ainda foi ao pódio, junto com Johann Zarco, e ampliou sua vantagem na tabela para Mika Kallio em 33 pontos: 278 a 245. Viñales é o terceiro, com 204.

Na Moto3, Alex Marquez se envolveu em polêmica com Jack Miller. O espanhol espalhou a sua moto e derrubou o australiano. Só que ele não venceu!

Romano Fenati assumiu a liderança na última volta e venceu mais uma na temporada. Marquez tem 206 pontos e é o novo líder do certame, contra 195 de Miller e 188 de Alex Rins.

A próxima prova acontece no dia 12 de outubro, em Motegi, no Japão. Será que Marc Marquez, enfim, volta a focar de verdade na disputa, ao invés de querer dar showzinho?

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!