Páginas

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Nota 10 do 100%

A cena mais comum de 2014: Marc Marquez sendo o primeiro a receber
a quadriculada! (foto: motogp.com)
Como a correria não deixa elaborar uma postagem mais caprichada, vamos resumir tudo.

Marc Marquez, se quiser, já pode começar a pensar no tricampeonato. Porque a temporada deste ano já foi pra conta dele. Décima etapa da temporada, décima vitória do espanhol. O #93 sobra na turma e nada leva a crer que ele perderá alguma prova este ano.

Bem que Jorge Lorenzo e Valentino Rossi tentaram, mas se contentaram com o pódio, apenas.

Marquez chega aos 250 pontos entre 250 possíveis. Dani Pedrosa se mantém em segundo na tabela, seguido de perto por Valentino Rossi. Enfim, Jorge Lorenzo se coloca em quarto e garante a "obrigatoriedade" das equipes de fábrica de ficarem com as quatro primeiras posições.

Na Indy, o chefão da categoria, Mark Miles, se diz "muito otimista" com a realização de uma etapa em Brasília, dia 8 de março. Eu duvido, até porque as reformas nem começaram. Mas levando-se em conta que a Indy já correu em verdadeiros campos de batalha (como Baltimore e San Jose), não duvidem deles acharem a pista da capital federal um treco.

Falando de basquete, o Brasil venceu bem o México. Só que o ataque foi horrível. A boa notícia é que a defesa parece muito bem acertada. A derrota de sexta, diante da Argentina, aconteceu devido a EXCEPCIONAL mira de três pontos dos nossos vizinhos, enquanto nossa seleção não acertava nem lance livre. Vamos ver no Mundial.

Gil comemora o gol da vitória corintiana contra o Santos: fim
do tabu e terceiro na tabela! (foto: Marcos Ribolli)
No Brasileirão, pergunta que não cala: o Santos realmente achou que ter Robinho no time resolveria? Não é bem assim - e é um desrespeito com a molecada que está fazendo das tripas um coração, para manter o limitadíssimo time entre os ponteiros. Gil aproveitou uma das poucas oportunidades de gol que o Corinthians teve e marcou de cabeça. O alvinegro praiano foi muito melhor e poderia ter vencido com folga, mas o que importa é bola na rede.

Sem comparações, foi uma "revanche" do que aconteceu em 2006. O Corinthians, então atual campeão brasileiro, com Tevez e Nilmar, passou o jogo todo chutando a gol. Fábio Costa se virou do jeito que pôde para salvar o Santos. Em dois chutes a gol, o Peixe venceu por 1 a 0. O que aconteceu ontem, na Vila Belmiro, foi a mesma coisa - e milagre, o Aranha fez defesas inacreditáveis.

O Cruzeiro viu sua vantagem reduzir-se a dois pontos e os times estão muito próximos. O São Paulo venceu com dois gols - acreditem - de Alexandre Pato e uma ótima partida de Paulo Henrique Ganso. É um milagre!

O Palmeiras perdeu mais uma e o Botafogo foi parar na zona de rebaixamento. Aliás, os quatro últimos são clubes que já foram campeões brasileiros. Caso se confirme a queda de Bahia, Botafogo, Coritiba e Flamengo, seria inédito.

Para encerrar, algumas notas tristes da rodada esportiva no fim de semana.

Torcedores de Santos e Corinthians se pegaram de porrada nas ruas próximas ao estádio e até mesmo dentro do hospital. Cadê a segurança pública para acabar com essa raça de arruaceiro?

Gremistas cantando "Fernandão morreu". De uma infelicidade extrema. Caberia um julgamento do STJD para fazer o "Imortal" jogar sem torcida até o fim do campeonato? Acho que sim!

Guarani x São Caetano pela Série C. Doeu na alma. A situação que os times se encontram é triste demais. Um campeão brasileiro e um vice-campeão da Libertadores praticamente se abraçando rumo à quarta divisão do futebol nacional!! Isso não pode!!

E como não falar da morte estúpida de Kevin Ward Jr.? Todos erraram: Tony Stewart não poderia ter jogado o carro daquele jeito na batida que resultou na revolta do jovem piloto, que jamais poderia ter corrido para dentro da pista para reclamar. E se Stewart não quis atropelar, também há muito que explicar sobre a acelerada proposital que ele deu em cima de Ward Jr. quando este reclamava com o veterano.

Essa história vai longe. E é mais uma vítima do esporte a motor.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!