Páginas

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Ladeira abaixo

Rafael Lima marca, dá a vitória a Chapecoense e deixa o Flamengo na
lanterna! (foto: Cleberson Silva)
O que acontece com o Flamengo?

Fornecedor de material esportivo de renome mundial, patrocinadores principais polpudos, bons jogadores, dentro do panorama atual do futebol brasileiro... e a lanterna do campeonato!!!

A partida contra a Chapecoense mostrou, mais uma vez, um time amedrontado, temeroso e inseguro. Por diversas vezes, erros de passes matavam as chances do rubronegro. Os catarinenses não têm nada a ver com isso e venceram a partida, subindo para 12º.

Esse time vai ter trabalho. A comissão técnica terá uma árdua tarefa de fazer o grupo voltar a jogar dentro do que pode. O que hoje parece missão impossível.

Secou a fonte

Não é só o Flamengo que sofre. Outro carioca, o Botafogo, vive situação pior. Tem um elenco melhor, mas a crise com atrasos de salários e direitos de imagem desmotiva por completo. Óbvio, ninguém gosta de trabalhar sem receber, e se o clube não tem dinheiro, que não contrate jogador caro.

O problema é que, mesmo sem montar esquadrões talentosos, a dívida do Botafogo triplicou em seis anos. O clube está em queda livre e, diferente do Flamengo (cujo desempenho se dá somente pelo que acontece em campo), o Glorioso não parece capaz de animar seu elenco diante da falta de perspectiva de resolver a situação financeira. A queda para a Série B é uma realidade.

Romarinho divide com Geraldo: jogo feio de doer e empate
sem graça! (foto: divulgação)
Caindo de maduro

Foi horrível. Deu sono. O jogo entre Coritiba x Corinthians foi duro. De assistir.

E tem corintiano que reclama da provável volta de Nilmar ao clube. Ele, com uma perna só, tem mais talento e faro de gol que Romarinho e Luciano juntos. E enquanto Romero não adquirir a forma física ideal e Guerrero não parar de se machucar, o que veremos do bicampeão mundial é isso mesmo: um time apático, sem inspiração e sem nenhuma garra.

Pior é ouvir Mano Menezes dizer que o empate foi bom. Para quem, cara-pálida?? O time cai duas posições na tabela e ele acha bom?

Por isso fracassou no comando da seleção.

Caindo nas graças

Mesmo empatando no sábado, o Cruzeiro não têm motivos para lamentar. O time segue jogando aquilo que todos nós gostaríamos de ver nos clubes: um futebol de forte marcação, mas sem perder a ofensividade e nem mesmo o talento individual de seus jogadores.

A liderança segue confortável. Ricardo Goulart está sobrando na turma, assim como Everton Ribeiro. A zaga, formada por Manoel e Dedé, está dando liga. E quem diria, Fábio não está cometendo as falhas bisonhas que marcaram sua carreira.

Tudo caminha para o tetracampeonato.

Nada de luz

A coisa tá feia: o Papão ficou no empate com o CRAC e
está ameaçado! (foto: Fernando Torres / ASCOM)
Há 23 anos, Paysandu e Guarani decidiam a Série B. Naquele ano de 1991, as equipes estavam orgulhosas de suas campanhas, após momentos ruins. O Bugre, campeão nacional em 1978. O Papão, estreando na elite dois anos após ser rebaixado para a Série C.

E quem diria que este ano ambas as equipes estariam ameaçadas de serem rebaixadas para a quarta divisão do futebol brasileiro!! O time de Campinas falido, sobrevivendo basicamente de seu nome e sua história; os paraenses com um elenco que nada lembra os áureos e inesquecíveis tempos vividos no começo do século.

A oitava posição nos respectivos grupos para cada um deles representa o fio da navalha. A história dos times não faz jus à atual situação. E seus torcedores não merecem tamanho descaso com duas agremiações vencedoras e de passado para se orgulhar.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!