Páginas

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Desabafo da briga inútil

E seus militantes se esgoelam em defendê-los...
Em tempos de redes sociais, todo mundo se acha valente.

Bom, meu Facebook ganhou mais um capítulo da encheção de saco entre petistas e tucanistas. Não vou me alongar, mas minha opinião é a mesma de sempre: nenhum dos dois faz bem realmente ao país. Isso aqui foi escrito em 2012 e mostra bem o que eu penso.

(antes que alguém me torre a paciência: não, eu não estou dizendo que a Marina Silva é a solução para o Brasil, longe disso. Apenas cito os candidatos dos que hoje são considerados por muitos os maiores partidos do país, o que não quer dizer muita coisa).

Tenho vários motivos para não aprovar o atual governo. Mas nada vai mudar se os azuis tomarem o lugar dos vermelhos em Brasília. Ou por acaso vivíamos em uma Noruega da vida até 2002?

O show de notícias falsas plantadas apenas para criar ódio entre os militantes dos dois partidos só não é pior do que o mundo de ofensas que um dirige ao outro. E enquanto isso, os políticos dos dois partidos dão risada de todos. Obras inacabadas, superfaturadas e outras que não saíram do papel; escândalos; corrupção; pouco caso com as reais necessidades dos brasileiros; desvalorização prática do salário mínimo (de que adianta aumentar o salário se o preço de tudo também sobe assustadoramente?); violência; impunidade... enfim, isso existe nos governos dos dois partidos.

E preparem-se: já estamos todos sob o manto de uma censura camuflada. Apoiada por vermelhos e azuis.

Um lado diz "Ah, mas a saúde na nossa mão é uma beleza", o outro responde "nós tiramos pessoas da pobreza". Me mostrem esse país porque, com certeza não é o Brasil. Inclusive minha aversão a hospital vêm do fato que eu não tenho tempo nem saco para ficar horas numa fila ESPERANDO para ser atendido - se é que acontece. E sobre a pobreza, não é isso que vemos no dia a dia, com muitas pessoas pedindo dinheiro nas calçadas.

Aí o governo federal acusa o estadual e vice-versa, um diz "a gente não faz as obras porque o governo federal não é do nosso partido e não ajuda a gente" e o outro replica "a culpa da saúde e da educação é do estadual, não do federal". Eles nunca se unem em prol do país; nunca foi assim e não será jamais.

E quem se fode é a população, que não tem escolas boas para colocar seus filhos - e nem professores motivados que recebam um salário digno para exercer a função e realmente ensinar, não tem hospitais minimamente equipados (não adianta encher de médico cubano se falta até remédio e atadura em alguns locais), é obrigada a fazer racionamento de água (duvido que o Armênio Mendes, os Marinhos ou o Abílio Diniz economizem água e pensem no planeta), tem que viver trancado em casa com medo da bandidagem, tem que contar as moedinhas nas feiras e supermercados para economizar alguma coisinha, é obrigada a encarar um transporte público ultrapassado e insuficiente para atender toda a população... isso é tratar bem das pessoas? Isso é fazer o país evoluir? Minha caceta!!

Me mostrem o contrário. Mas eu quero a regra, e não raras exceções. Disso ninguém briga; é só acusação de um lado para o outro - e cada vez mais notícias plantadas com o único propósito de acirrar o ódio entre os lados. Ninguém pensa no país e nem vai pensar; os políticos estão pouco se lixando para nós, TRABALHADORES desta joça. Eles, independente de quem ganhe, continuarão a desviar e diminuir verbas das necessidades básicas da população, continuarão a encher os próprios bolsos, a superfaturar obras que serão feitas com material de péssima qualidade, a aumentar o preço dos alimentos e, indiretamente, a manter as mesmas leis arcaicas que priorizam a ação dos bandidos. E depois aparecerão no horário eleitoral com a maior cara de pau do mundo, pedindo seu voto e dizendo que fez muito pela cidade/estado/país.

Venha quem vier para o próximo mandato federal e estadual (que eu acho que vai ser igual), continuaremos cobertos de nuvens negras. E assim vamos afundando, rumo ao fundo do poço que cada dia fica mais fundo.

Quem sabe assim os eleitores parem de inventar histórias, ofenderem aos outros e brigarem. Não adianta nada!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!