Páginas

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Bola na rede e na lua!

Julio Baptista fecha o caixão do Santos no Mineirão: 3 a 0 e liderança
retomada! (foto: Duda Macedo / Foto Arena)
Alguém pára o Cruzeiro?

Impressionante o futebol apresentado diante do Santos. Como se não bastasse a liderança, a eficiência vai marcando as exibições do time celeste. Liderança retomada e um chocolate pra cima do alvinegro praiano, que se preocupa mais com o uniforme do que com o futebol.

O atual campeão, que não tem nada a ver com isso, aproveitou. E venceu. Retomando a liderança e a sensação de que a briga com o Internacional será boa.

O Colorado, que não vence um Brasileirão há 35 anos e não ganha nenhum título nacional desde 1992, sofreu para superar o Goiás. Contou com um gol contra extremamente bisonho, mas levou os três pontos pra casa. É o que importa.

Zeballos comemora o segundo gol do Botafogo: um
alívio na crise! (foto: Bruno de Lima / LANCE! Press)
Coisa que Corinthians e Fluminense não fizeram.

Ambos continuam na zona de classificação à Libertadores. Mas o desempenho em campo foi pífio. O bicampeão mundial empatou com o Bahia e, pra variar, Mano Menezes botou a culpa na arbitragem. E ainda se saiu com um "não interessa se foi por dois centímetros, se fosse com a gente todo mundo ia falar de gol irregular", referindo-se ao primeiro gol do Bahia. Proponho uma pergunta melhor: por que não se preocupou em marcar melhor, impedindo que o jogador do clube baiano concluísse a jogada sozinho??

Pra variar, a velha mania de botar a culpa nos outros.

No caso do Tricolor carioca, nem se eles quisessem poderiam reclamar. Desde a surra sofrida na quarta-feira, diante do América-RN, já se percebe que a zaga é um queijo suíço. Quem diria que Gum fizesse tanta falta. O alvinegro se aproveitou e liquidou a fatura com dois gols em três minutos. Com direito a Fred quase acertar a bandeirinha de escanteio ao cobrar o pênalti.

Kleber corre para comemorar seu gol contra o Ceará: agora
sim, posição de respeito! (foto: divulgação)
Nos outros jogos, não há muito o que destacar. Nem mesmo no clássico entre Palmeiras e São Paulo. O que eu vou dizer? Que, mais uma vez, o alviverde imponente se lascou por não ter um goleiro bom? Fábio falhou nos dois gols. Depois vão jogar a culpa no técnico?

A Série B já virou realidade, de novo, para o Palmeiras. Isso no ano do centenário.

Segundona que o Vasco começa a querer se livrar de vez. Uma atuação quase precisa contra o azeitado time do Ceará e a vice-liderança garantida. Aliás, eu já acredito que ambos caminham a passos largos para voltarem à elite do futebol nacional. Enquanto isso, os paulistas decepcionam: Oeste, Bragantino e Portuguesa rumando para a Terceira Divisão... e, por enquanto, só o Mogi Mirim (que venceu fácil o lanterna Duque de Caxias) vai subir.

Triste situação para um estado que é recordista de clubes na primeira divisão e que já teve nove times em uma única temporada.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!