Páginas

domingo, 13 de julho de 2014

Mais chopp, por favor!!

Depois de quatro anos, enfim, a consagração alemã em terras brasileiras:
tetracampeã!! (foto: Getty Images)
É tetra! É tetra!

Mais uma seleção chega ao rol dos tetracampeões mundiais. A Alemanha confirmou seu favoritismo e, mesmo com sofrimento, venceu a Argentina!

Disputa do terceiro lugar: Brasil 0 x 3 Holanda

Final: Alemanha 1 x 0 Argentina

Messi ficou sem o título. Mas foi coroado o MVP da
Copa: o melhor de todos! (foto: AFP)
Antes, umas poucas palavras sobre o desempenho brasileiro: VERGONHOSO!! Assim como o Nivaldo Prieto, da Band, não narrou o terceiro gol em protesto, mais eu não escreverei. Triste demais. Porém, merecida a vergonha. Que nosso futebol passe por uma faxina geral!

Bom, voltando ao que é bom.

Que final! Que raça! Que garra! Como seria bom se os jogos de futebol fossem assim! Os 90 minutos, mesmo com placar em branco, não tiveram favoritismo de nenhum lado. Ambas as equipes se revezaram no que tange ao momento favorável no jogo.

Mas sempre tem um "se". Já pensaram se o Higuain tivesse um pouquinho mais de qualidade e calma? Um vacilo da zaga alemã que o atacante argentino, livre, de frente para o gol, jogou para fora.

No fim do primeiro tempo, Howedes cabeceou na trave a melhor chance dos alemães em todo o tempo regulamentar. Na prorrogação, Palácio teve a chance de ouro. Mas, ao invés de enfiar o pé na bola, quis dar um lençol em Neuer. Uma claríssima chance de gol que poderia fazer falta. E fez.

Gotze chuta para o fundo das redes: o gol do título e do
fim da fila! (foto: reprodução TV)
Ao ver o camisa 19 entrar em campo, este radialista que vos escreve soltou um "lá vai o Gotze enganador pra não fazer nada". Queimei a língua. O jovem talento do Bayern de Munique recebeu dentro da área, matou no peito e arrematou para as redes, sem chances para o bom goleiro Romero: 1 a 0.

Em sete minutos, não havia mais nada que a Argentina pudesse fazer. De qualquer forma, temos que bater palmas a eles e ao belo trabalho do técnico Alejandro Sabella. Desde 1990, os nossos vizinhos não chegavam sequer nas semifinais. Não se iludam: eles têm tudo para voltar a mandar no continente sul-americano.

Messi levou o prêmio de melhor da Copa. Achei que Robben levaria, mas está em boas mãos. O craque do Barcelona está vingado. E colocou a Argentina na final sem precisar de gol de mão, né, Maradona???

Em tempo: ridícula a atitude de alguns, querendo sacanear com o fato de eles estarem há 28 anos sem o título da Copa do Mundo. Lá do outro lado existe trabalho sério, coisa que aqui eu DUVIDO que tenhamos.

Palmas para os novos campeões mundiais! (foto: AFP)
E do lado alemão, só elogios e aplausos! A seleção que mais incorporou o espírito brasileiro em nossas terras sai com a taça!

Depois de bater na trave por três Copas seguidas, enfim, mãos alemãs ergueram o troféu mais cobiçado do futebol! A primeira seleção europeia a conquistar o título em terras rivais, na América do Sul (devolvendo o que o Brasil fez em 1958, na Suécia).

Depois de 24 anos. Assim como o Brasil ficou 24 anos na fila antes de ser tetra. Assim como a Itália também esperou o mesmo tempo antes do quarto título. A competência e o profissionalismo foram premiados!!

E ninguém duvide que o penta pode vir em terras russas!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Um comentário:

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!