Páginas

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Dente por dente

O momento da rodada: Mondragón entra em campo para fazer história: o
mais velho a jogar uma partida de Copa! (foto: Reuters)
Como ontem não postei nada, hoje é dia de falar de quatro grupos que foram decididos nos últimos dois dias.

Grupo C:
Colômbia 4 x 1 Japão
Grécia 2 x 1 Costa do Marfim

O Grupo C reservou grandes emoções na terça-feira. Os torcedores presentes em Cuiabá assistiram a uma exibição de gala dos sul-americanos. Foi um show de Martinez e Rodriguez que comandaram a goleada colombiana em cima dos pobres japoneses, que mal viram a cor da bola.

James Rodriguez marca o quarto gol: pá de cal no Japão e
liderança do grupo! (foto: Reuters)
Mas o melhor estava por vir. Com a partida ganha e o controle do jogo assegurado, o técnico Jose Pekerman resolveu que escreveria uma parte da história das Copas, ao trocar seu goleiro.

Ospina deu lugar a Mondragón. Ele mesmo, aos 43 anos, ao pisar no gramado (reverenciado pelo titular e pela torcida), se tornou o atleta mais velho a disputar uma partida de Copa do Mundo, superando Roger Milla, de Camarões.

Foi uma bela atitude dos colombianos, que ainda assistiram o veterano goleiro fazer uma boa defesa em um ataque japonês.

Classificação garantida em primeiro lugar, a expectativa do grupo era saber quem passaria na segunda posição. E foi um jogo de matar torcedor do coração.

Samaras encarou o pênalti mais importante da Grécia: gol e
primeira vez nas oitavas! (foto: AFP)
A Grécia saiu na frente no primeiro tempo, a Costa do Marfim empatou aos 30 do segundo tempo. Decidido? Nada!! No finzinho, os africanos tiveram a chance de liquidar. Bobearam. No contra-ataque... pênalti para a Grécia!!!

Foi como se o mundo parasse. O confronto do goleiro Boubakar contra o atacante Samaras era muito mais do que os três pontos, e sim, uma classificação inédita às oitavas de final.

Melhor para o grego, que acertou a cobrança e colocou os campeões europeus de 2004 pela primeira vez nas fases eliminatórias. Aos marfinenses, restou o choro!

Grupo D:
Costa Rica 0 x 0 Inglaterra
Uruguai 1 x 0 Itália

Este grupo contribuiu para que a média de gols caísse um pouco. Já classificada, a Costa Rica encarou uma apática seleção inglesa que nada lembrou os dois primeiros jogos onde, mesmo perdendo, jogou com raça e dignidade. O zero a zero fez jus à partida.

Nhac! Luis Suarez e sua mordida!
(foto: reprodução TV)
E se a Costa Rica, mesmo limitada, se sobressaiu SOBRANDO NA TURMA na fase de grupos, não se espantem se nestas fases eliminatórias, a mesma ir longe.

Restou o duelo entre o bicampeão mundial e olímpico e a tetracampeã mundial. E foi um jogaço. Digno de se dizer que é de Copa do Mundo. Algumas boas chances no primeiro tempo e times a 220V no segundo!

Não tinha bola perdida, não tinha alívio na marcação, não tinha vida fácil para ninguém. Ironicamente e coincidentemente, a Itália melhorou com a expulsão ACERTADA (uso caixa alta antes que algum bobalhão fale em complô pró-Brasil) de Marchisio.

Com um a mais, o Uruguai se viu obrigado a atacar, já que precisava vencer para passar. E os italianos usaram o contra-ataque e jogaram fora uma tonelada de chances.

Godin marca o gol da classificação uruguaia às oitavas de
final da Copa! (foto: Carlos Barria / Reuters)
Os uruguaios mordiam o campo de ataque de forma faminta. Tão faminta que Luis Suarez levou ao pé da letra e mordeu Chielini, que revidou com uma cotovelada. O árbitro não viu nada, mas a Comissão Disciplinar da FIFA pode punir o uruguaio.

A Itália continuava perdendo chances. E aí já sabem, né? Quem não faz, toma! Godin, que tem feito gols importantes nos últimos meses, fez mais um. A partir daí, a Azurra, que passou o jogo enrolando, se esgoelou em busca do empate, sem sucesso. Pela segunda Copa do Mundo seguida, os italianos dão adeus na fase de grupos.

Grupo E:
França 0 x 0 Equador
Suíça 3 x 0 Honduras

Shaqiri marcou os três gols da Suíça contra Honduras: errou ao
mandar a torcida calar a boca! (foto: Luis Acosta / AFP)
Pouco a dizer. O duelo entre os sul-americanos e os campeões mundiais de 1998 foi bem fraco. A postura do Equador em nada lembrava uma equipe que precisava vencer para se classificar. E praticamente garantida na primeira posição, a França não fez esforço algum na partida. O placar não refletiu o que foi o jogo: zero a zero foi muito.

Já a Suíça entrou em campo com o propósito de golear. E assim o fez. Shaqiri marcou os três gols, mas errou feio ao mandar a torcida, que apoiava os hondurenhos, calar a boca. Deprimente demais, até porque, convenhamos, quem é Shaqiri? Quem é a Suíça no mundo do futebol?

Grupo F:
Nigéria 2 x 3 Argentina
Bósnia 3 x 1 Irã

O Grupo F reservou um jogo de alto nível. Comecemos, claro, com o jogo que, logo em seu início, virou favas contadas. A Bósnia, mesmo já eliminada, não tomou conhecimento e atropelou o Irã, que só levou três gols porque o goleiro Haghighi fez alguns notórios MILAGRES.

Messi cobra falta com perfeição: vitória, 100% e vaga nas
oitavas de final! (foto: reprodução TV)
Espero apenas que Carlos Queiroz continue no cargo, porque ele fez a seleção iraniana jogar de forma consistente, mesmo com suas limitações técnicas. Um bom sinal para 2018.

Com a vitória dos ex-iugoslavos, a Nigéria se garantiu na fase seguinte, mesmo perdendo para a Argentina. Mas... que jogo! Com três minutos, gol de Messi. Um minuto depois, gol de Musa. Jogo empatado e inúmeras chances criadas. Eneyama e Romero ABENÇOAVAM suas traves com defesas míticas. Mas o arqueiro nigeriano vacilou no segundo gol portenho. Cobrança de falta de Messi que fez Eneyama assistir IMPÁVIDO a cobrança. Bisonhamente, o goleiro africano saiu andando atrás da bola, ao invés de pular.

Definido? Nada disso. Logo no começo do segundo tempo, Musa empatou de novo. Mal deu tempo de comemorar. Rojo fez o terceiro de cabeça. Os bicampeões mundiais se garantem em primeiro. O futebol está longe de ser brilhante? Sim. Mas nos dois últimos Mundiais, a Argentina deu show no início e fracassou nas quartas-de-final.

Então não se iludam com nossos vizinhos. Nem com Messi. O craque veio pra fazer história.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!