Páginas

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Ajuda da "sorte"

Neymar marcou dois gols: o primeiro a conseguir tal feito desde Amarildo,
em 1962: estreia vitoriosa! (foto: Jefferson Bernardes / VIPCOMM)
Foi difícil. Era previsto. Mas o Brasil largou na frente na disputa da Copa do Mundo de 2014.

Grupo A: Brasil 3 x 1 Croácia

Em um jogo bem morno, a seleção comandada por Felipão conseguiu vencer a Croácia no jogo de abertura, ontem, no Itaquerão (Arena uma piolha). Foi uma partida bem aquém do que esperávamos. Até porque a Croácia estava com cinco desfalques.

Foram quatro cortes por contusão e mais Mandzukic, suspenso. Ou seja, a equipe treinada por Niko Kovac queria apenas empatar. Só que o começo de jogo foi melhor que o esperado: Marcelo fez gol contra! O primeiro gol contra marcado por um jogador do Brasil.

Marcelo toca contra o gol de Julio César: o primeiro gol contra marcado
pela seleção em Copas! (foto: Jefferson Bernardes / VIPCOMM)
Depois disso, a equipe verde e amarela se perdeu no nervosismo. O time não conseguia criar jogadas e só mesmo uma jogada individual poderia resolver a parada. E resolveu: Neymar passou pela marcação, se livrou da falta (o que não deixa de ser uma boa notícia) e chutou torto. Por sorte, a bola saiu do alcance do bom goleiro Pletikosa, tocou carinhosamente a trave esquerda e beijou o fundo das redes. 1 a 1.

Nem isso foi capaz de animar os pentacampeões mundiais. A torcida chiou ao fim do primeiro tempo, mas em nenhum momento deixou de apoiar. Só que o gol da virada veio de forma bem lamentável: um pênalti inventadaço pelo árbitro Yuichi Nishimura. Neymar bateu razoavelmente bem, o goleiro foi melhor ainda, espalmou, mas ela foi pro gol: 2 a 1. Com os dois gols anotados, Neymar se torna o primeiro brasileiro, desde Amarildo, em 1962, a marcar dois gols na estreia em Copas do Mundo.

Depois disso, finalmente, o Brasil voltou a jogar como Brasil, mesmo com alguns sustos protagonizados pelo goleiro Julio César que, nervoso, não segurava nada. Felizmente, Oscar deu números finais no finzinho, ao chutar da entrada da área, de bico: 3 a 1.

Não foi a estreia dos sonhos. Mas valeu os três pontos e, em um campeonato, é isso que importa!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!