Páginas

domingo, 20 de abril de 2014

Microfones de luto

"Valeu, galera, minha parte está muito bem feita"! (foto: divulgação)
Ainda estou tentando encontrar o jeito certo para começar esse texto.

Mas, talvez não tenha muito um roteiro definido. Afinal, para falar de narrador esportivo, que privilegia o improviso mais do que qualquer coisa, o texto não poderia ser muito certinho.

Luciano do Valle, para mim um dos cinco maiores narradores esportivos do mundo, faleceu ontem, aos 66 anos de idade, quando viajava para Uberlândia para narrar a partida entre Atlético-MG x Corinthians, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Não há quem não tenha ficado triste. Não pela morte, afinal, todo mundo nasce sabendo que a morte é uma certeza. Mas pelo modo com que isso aconteceu.

Era um narrador perfeito? Quase. Fui um dos que chegaram a falar, em certa época, que ele poderia desligar o microfone e curtir o merecido descanso, devido aos problemas de saúde que teve, pois nem assim sua história seria diminuída em nada. E como acontece com todos os grandes profissionais, seus grandes momentos superam os, digamos, micos. Sim, era, de certa forma, engraçado ouvi-lo tentando falar o nome do Ryan Hunter-Reay, mas isso fica como o folclore de sua carreira (vai acontecer com todos eles).

Mas como não se emocionar com suas narrações? Especialmente, para mim, a vitória de Helio Castroneves, em 2009, quando Luciano desabou em choro no ar com o triunfo do piloto da Penske. Ali, se alguém tinha dúvidas de seu talento, não tinha mais!

Obrigado, Luciano do Valle! Obrigado pelas narrações históricas! Por acreditar no esporte olímpico! Por ser espelho e referência para muitos! Um pedaço da narração esportiva se vai junto!



Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!