Páginas

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Retratos da Idade Média

Confronto entre torcedores do Atlético-PR e do Vasco: passou da hora de
uma punição exemplar!! (foto: Geraldo Bubniak / Folhapress)
Falar o quê??

Que mais uma vez a briga por vagas na Libertadores e rebaixamento ficou em segundo plano?

Que toda a carga emotiva que a última rodada do Brasileirão prometia foi abandonada por causa de alguns acéfalos vestidos de torcedores?

A briga em Joinville está longe de terminar. O Governo do Estado de Santa Catarina (o Atlético-PR mandou seu jogo lá pois a Arena da Baixada continua em obras) declarou que a segurança era problema do clube. O Furacão se defende, dizendo que lá existe lei proibindo policiais em evento privado.

O Vasco se acovardou. Fosse Eurico Miranda o presidente, o time teria abandonado o estádio e sumido do mapa. E provavelmente ainda estaríamos a saber sobre o resultado da partida.

Mas querem saber? Era isso mesmo que o Vasco deveria ter feito. Recusado-se a jogar.

Nessas horas, eu me pergunto: cadê o Bom Senso para paralisar a rodada toda?

Cadê os governantes, diretores e membros da segurança (pública e privada) para dar fim nisso tudo?

Esqueçam essa história de perda de mando ou portões fechados. O clube tem que se responsabilizar pela sua torcida. Muitos deles custeiam ingresso e viagens às facções.

Que tal se o Atlético Paranaense perdesse a vaga na Libertadores e começasse o campeonato de 2014 com 20 pontos a menos, assim como o Vasco??

Com certeza o clube se mexeria para evitar tal confusão novamente.

Enquanto isso, as imagens da bárbarie correm o mundo. Esse é o país da Copa do Mundo. Triste!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!