Páginas

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Símbolo do descaso

Projeto da Vila Olímpica, que substitui o autódromo de Jacarepaguá: cadê
um projeto que unisse ambos? (foto: divulgação / Rio 2016)
Ver a imagem acima dói demais.

Para quem não sabe, este é o projeto (sim, porque ainda não começou a ser construído) do complexo da Vila Olímpica, que substitui o Autódromo de Jacarepaguá.

Em que pese a importância inegável de um evento desse porte, tal atrocidade com um dos mais belos autódromos do mundo é inadmissível. Interesses de imobiliárias? Descaso do Governo? Desinteresse da CBA? Não interessa. Ficamos sem o autódromo.

"Ah, mas Deodoro vem aí". Mais fácil o Dia das Mães cair em uma quinta-feira.

"Rodrigo, veja bem, não tinha espaço para acomodar tudo". Não?? No Rio de Janeiro tem espaço de sobra. O próprio descampado do Rock in Rio, por exemplo, poderia perfeitamente abrigar alguma quadra provisória (isso sempre tem, em qualquer edição dos Jogos Olímpicos). Ou em outras áreas com potencial para melhoria social.

Além disso, essa história de que não seria possível manter o autódromo junto com as instalações cai por terra quando vemos esta imagem:

Projeto do circuito de Sochi (RUS) para 2014: exemplo de projeto unificado,
sem priorizar nada! (foto: divulgação)
Este é o circuito de Sochi, na Rússia, que está sendo construído para sediar o GP local de Fórmula 1 em 2014. Percebam que dentro dele há várias construções: será um misto de circuito permanente com algumas ruas usadas. As construções serão utilizadas nas Olimpíadas de Inverno, que acontece também no próximo ano.

Percebam! Organizadamente coube tudo ali: quadras, prédios e circuito. O que reforça mais ainda o sentimento de que, aqui, os que mandam no automobilismo não estão se importando com o esporte. O Governo, muito menos.

E quem paga o pato são os apaixonados pelo esporte.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!