Páginas

domingo, 13 de outubro de 2013

Feiura e mau gosto extremo

Sim, queridos leitores. Não é só no futebol que a feiura prevalece.

A história vencedora da Brabham não merece uma foto de corrida para
ilustrar essa feiura que correu em 1992.
Dói no coração ter que escolher um carro de uma equipe que já foi campeã da Fórmula 1, inclusive com Nelson Piquet. Mas este carro horrendo da Brabham, além de andar lá atrás (com Damon Hill, Eric Van de Poele e Giovanna Amati) em 1992 - se despedindo no GP da Hungria, o mesmo que coroou Nigel Mansell campeão naquele ano - teve isso aí como pintura.

Foi uma mancha negra (ou seria rosa?) na reputação de uma das maiores equipes dos anos 80.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Um comentário:

  1. Eu lembro deste troço... Isso ai... Troço. Tão feio quanto um Indy nas cores da Domino's Pizza.

    ResponderExcluir

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!