Páginas

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Boa ideia para o caneco

O lance da prova: Daniel Pedrosa erra, cai e abre caminho para Marc
Marquez colocar uma mão na taça! (foto: motogp.com)
E o que parecia improvável aconteceu em Aragon. Marc Marquez abandonou a vantagem do regulamento e venceu mais uma em 2013.

Improvável porque o regulamento permitia (e permite ainda) que Marquez administre sua vantagem. Mas ele não deve saber o que é isso.

A vitória foi cercada de polêmica, devido à manobra que tirou Daniel Pedrosa da prova. Mas ficou apenas no achismo, já que os companheiros de equipe não se tocaram. Pedrosa caiu violentamente e existia até mesmo a hipótese de fratura no joelho. O fato é que o piloto #26 praticamente abandonou as chances de título da temporada.

O único que ainda pode vencer Marquez é Jorge Lorenzo. Sua Yamaha vinha em uma ascendente respeitosa no campeonato. Foram duas vitórias seguidas que o colocaram na briga real pelo caneco. Mas o triunfo do #93 da Honda deixa o novato em uma situação confortabilíssima na tabela. Para levar o campeonato em seu ano de estreia (fato inédito), Marquez precisa de 51 pontos. Independente das posições. Somente 51 pontos. Considerando, claro, que o atual campeão vá vencer as quatro provas restantes.

É uma situação de conforto que não era prevista na categoria principal. E que sumiu nas outras duas divisões.

Na Moto3, Alex Rins superou Maverick Viñales na última volta e levou a vitória para casa. O campeonato ainda segue favorável a Luis Salom, que foi apenas o quarto. Mas Viñales e Rins colaram na tabela e prometem incomodar muito. Salom tem 259 pontos, nove a mais que Rins e 12 a mais sobre Viñales.

Assim como Pol Espargaró na Moto2. O piloto da Pons superou Scott Redding em uma prova eletrizante, que teve Nico Terol vencendo com extrema autoridade e de forma confortável. Redding ainda é líder, com 215, mas Espargaró (195) e seu companheiro de equipe, Esteve Rabat (171), mantém chances claras de conseguir o título.

As disputas nas divisões "de base" é o que promete atrair a atenção da motovelocidade neste fim de ano, já que na MotoGP, a situação parece bem definida. Salvo uma queda de rendimento brusca de Marc Marquez, o cenário não parece muito favorável à Yamaha.

E a "formiga atômica" tem tudo para iniciar seu reinado nas duas rodas!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!