Páginas

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Aviso anti-comodismo

Jorge Lorenzo (99) largou na frente e ninguém mais viu! (foto: Getty Images)
Correr em Misano sempre representa um desafio e um desespero. Acidentes terríveis e fatais, como os de Wayne Rainey, Shoya Tomizawa e Alessia Polita, lamentavelmente, deixam a má-fama no belíssimo circuito italiano.

O que é uma pena, pois é um baita de um circuito. E nele, Jorge Lorenzo mostrou que está vivo na disputa do campeonato. Mesmo com a vitória, no entanto, o atual campeão não depende mais de si.

Ao chegar em segundo lugar, à frente de Daniel Pedrosa, Marc Marquez conseguiu a vantagem de poder chegar todas as cinco provas restantes em segundo para garantir seu primeiro título, logo em seu ano de estreia. Marquez continua na ponta da tabela, com 253 pontos, contra 219 de Lorenzo e Pedrosa.

São 34 pontos e, caso o novato espanhol chegue todas em segundo, ambos os veteranos só poderão tirar 25 pontos. De qualquer forma, a superioridade do piloto da Yamaha deixou claro que Marquez não pode se acomodar nas provas restantes.

A prova da categoria principal não foi tão disputada, ao contrário do que se previa. As atenções ficaram por conta da briga acirrada entre os dois pilotos da Repsol/Honda, já que Valentino Rossi, que largou na primeira fila, ficou muito para trás. 

As disputas, no entanto, couberam às outras duas divisões da Motovelocidade

Na Moto2, Pol Espargaró venceu depois que Takaaki Nakagami acabou com seus pneus, o que faz cada vez mais gente acreditar que ele jamais será um piloto campeão na MotoGP enquanto não aprender a dosar o equipamento.

Para completar a festa da Pons, Scott Redding, adversário de Pol na briga pelo caneco, foi só o sexto colocado, sem ameaçar em momento algum. Mesmo assim, a liderança continua folgada para Redding, com 202 pontos, contra 179 de Espargaró.

A disputa também segue quente na Moto3, onde Eric Granado abandonou a prova na última volta. Luis Salom (246), Maverick Viñales (227) e Alex Rins (225) disputam o título da temporada. A prova teve seu momento tenso: um acidente gravíssimo de Jonas Folger, que quebrou a perna depois de decolar com sua Aspar número 94. O alemão não tem previsão de volta.

A próxima etapa acontece no dia 29 de setembro, em Aragón, na Espanha. Mais uma pista que favorece ao estilo de pilotagem de Jorge Lorenzo. Marc Marquez pôs uma mão na taça.

Mas que não se acomode. Jorge Lorenzo vai brigar até o fim.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!