Páginas

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Sai, zica!

Aleluia! Will Power venceu em 2013! (foto: Jonathan Ferrey / Getty Images)
Havia algo de estranho na temporada 2013 da Indy. Outrora conhecido como o imbatível em circuitos mistos, Will Power estava sumido.

Desde o GP do Brasil do ano passado ele não sabia o que era vencer uma etapa da categoria. Pois bem, em Sonoma, ele chutou a urucubaca para o alto e faturou a bodega.

O triunfo em solo californiano esteve longe de ser uma surpresa, visto que o australiano andou todo o tempo entre os ponteiros. Mas parecia que nada deteria a Ganassi, que havia feito a pole com Dario Franchitti e tinha Scott Dixon doido para diminuir a desvantagem que o separa de Helio Castroneves no campeonato.

Como imaginado, a prova teve várias bandeiras amarelas. Castroneves penava em posições intermediárias. Em uma das relargadas, foi espremido por Marco Andretti. Em outra, tocou em James Hinchcliffe e quase abandonou. O carro não correspondeu durante todo o fim de semana e o sétimo lugar ao final foi lucro.

Mas quando a sorte acompanha...

Momento-chave: Dixon acerta um pneu da Penske e é
punido! (foto: reprodução TV / 3News NZ)
Na última parada para reabastecimento, o lance polêmico do fim de semana: ao sair dos boxes, Scott Dixon acertou um dos pneus retirados do carro de Will Power (os boxes de ambos são vizinhos), atropelando dois mecânicos. A direção puniu o neozelandês, para desespero e revolta do chefão da equipe, que argumentou, sem sucesso, que os integrantes da equipe Penske é que invadiram seu demarcado espaço.

Dixon foi parar lá atrás, em 15º, e viu a diferença no campeonato aumentar. Castroneves tem 479 pontos, contra 440 do bicampeão de 2003 e 2008. Ryan Hunter-Reay, atual campeão, é o terceiro, com 417. Tony Kanaan, 13º na prova, está em 11º na tabela, com 331 pontos.

A próxima prova, em Baltimore, pode ser crucial. A Penske sempre se dá bem lá. A regularidade de Helio Castroneves impressiona, porque é inédita nesses 12 anos de categoria. É um trunfo para conquistar o tão sonhado título e coroar sua carreira nos Estados Unidos.

Como dizem que a sorte acompanha os campeões...

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!