Páginas

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Inversão de valores

Alguém salve o Brasil!!
Uma semana para o Jornalismo esquecer: o Grupo Abril anuncia a demissão de 150 funcionários de quatro publicações fechadas pela empresa. A Bradesco Esportes fecha seu departamento paulista. A Rádio Bandeirantes demite Mauro Beting e Walker Blaz.

Um dia a bandalheira iria cobrar a conta.

Bandalheira de todos os tipos. Começando pela decisão do Governo de aumentar juros, que naturalmente só serviu para que as empresas pagassem mais ao Governo e, por tabela, diminuíssem o investimento em propaganda nas rádios e TVs do Brasil.

Depois, as próprias emissoras, quando mandam embora jornalistas de renome em troca de manter ex-jogadores que mal sabem falar direito ou que nunca criticam ninguém (raríssimos os exemplos que se comportam como profissionais).

E quem paga o pato são aqueles que ralam a vida toda em busca de uma chance e são totalmente ignorados pelos órgãos responsáveis.

E não é assim somente no Jornalismo. Em todo lugar, em todas as áreas, sempre vão haver casos de pessoas altamente qualificadas que estudaram e se prepararam a vida toda e que serão preteridas por alguém apadrinhado e/ou com "carisma", ou que seja "engraçadinho".

Alô, Deus! Passou da hora de formatar esse país!!

UPDATE: Hoje saiu a notícia que o Neto, o "beneficiado" da demissão do Mauro Beting, pediu para ser demitido no lugar do jornalista. Se partiu dele a decisão, admirarei tal atitude. Mas eu duvido. De qualquer forma, fica o registro: o Mauro Beting fica na rádio. Neto continua na Band e no Bandsports!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!