Páginas

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Script à risca

A tônica da prova: Lorenzo, Pedrosa e Marquez. O atual campeão
do mundo está vivo na disputa! (foto: Gustau Nacarino/Reuters)
Antes da etapa de Mugello, Jorge Lorenzo declarou que a principal forma de vencer seus adversários da Repsol/Honda era assumir a liderança na largada.

Pois bem, na Itália ele fez isso. E repetiu a dose na Catalunha. O atual campeão do mundo venceu em Barcelona e, mais que isso, começa a assustar seus adversários, com um desempenho soberbo.

Fica difícil dizer que o piloto da Yamaha dominou a corrida, já que Daniel Pedrosa e Marc Marquez mantiveram-se por perto por quase toda a prova. Lorenzo soube conter o ímpeto de seus compatriotas quando estes atacavam. E garantiu a vitória no momento que os pneus de Pedrosa acabaram. Aliás, ele e Marquez duelaram incessantemente pelo segundo lugar nas voltas finais, o que permitiu a Lorenzo administrar a vitória.

Fica claro que a Honda tem equipamento melhor. Mas Jorge Lorenzo está compensando essa desvantagem técnica com uma senhora e absoluta pilotagem.

Talvez não fosse assim se Casey Stoner estivesse na equipe nipo-hispânica.

A destacar também a belíssima prova de Stefan Bradl (mais uma), o reinado absoluto de Aleix Espargaró entre as CRTs e, pasmem, Colin Edwards em nono lugar. Isso sem contar o 15º de Javier Del Amor, veterano espanhol que substituiu Hiroshi Aoyama na Blusens e conseguiu pontuar sem conhecer a moto!!

Nas outras categorias, mais do mesmo. Na Moto3, Luis Salom venceu mais uma e, de quebra, assumiu a liderança do certame, com 127 pontos, cinco a mais que Maverick Viñales - que foi o terceiro em Barcelona. Aliás, os cinco primeiros na prova eram espanhóis.

E o domínio aurirrubro seguiu na Moto2, com dobradinha da Pons: Pol Espargaró em primeiro e Esteve Rabat em segundo. A terceira posição foi ocupada por Thomas Luthi, que voltava de contusão e deixou claro que, se não fosse isso, estaria lutando pelo campeonato. O líder ainda é Scott Redding, com 114 pontos, contra 79 de Pol Espargaró.

Com a vitória na prova principal, Jorge Lorenzo diminuiu mais ainda a desvantagem na tabela do campeonato. O atual campeão do mundo tem 116 pontos, contra 123 de Daniel Pedrosa. Marc Marquez, Carl Crutchlow e Valentino Rossi completam a lista dos cinco primeiros no campeonato.

A próxima etapa acontece no dia 29 de junho, em Assen, na Holanda. Será que teremos repeteco de roteiro?

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!