Páginas

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Azar ou medo?

É, Fred! Não deu desta vez. E não adianta botar a culpa na chuva. A pressão
no Paraguai será enorme! (foto: foxsports.com.br)
Antes do jogo contra o Olimpia, o técnico Abel Braga disse que a prioridade seria não sofrer gols. Missão cumprida.

Só esqueceram de avisar a ele que o time precisava fazer gol, também. Resultado: o Fluminense ficou no 0 a 0 e terá que decidir a vaga dentro do Defensores del Chaco, em Assunção.

Um debate fervoroso tomou conta das redes sociais e dos programas de TV: 0 a 0 ou 2 a 1, o que é melhor? Porque, em ambos os casos, um gol do tricolor carioca na casa do adversário favorece demais a situação; forçaria o Olimpia a vencer de qualquer forma.

O problema é que se trata de um time tricampeão continental, com um título mundial e que já chegou um sem-número de vezes entre os quatro melhores. E se em 2011, nem mesmo vencendo o mediano Libertad (também do Paraguai) por 3 a 1 no Engenhão, o time soube administrar a vantagem - tomou 3 a 0 no lombo e deu adeus à competição - é de se duvidar que o atual campeão nacional mantenha a vantagem simples de empate com gols.

Exatamente; o time terá que atacar para, pelo menos, fazer um gol. Esqueçam as penalidades. Times como Peñarol, Boca Juniors e o próprio Olimpia impõem medo nas cobranças porque não tomam conhecimento, enchem o pé, não tem medo de errar, não ficam fazendo firulas e nem querem aparecer para o mundo cobrando com "jeitinho".

A partida de ontem em São Januário, surpreendentemente, mostrou um Fluminense que buscou o gol a todo custo. E esse foi o problema: faltou, em muitos casos, organização; o time foi tomado pela ânsia de querer marcar, como se um gol fizesse acabar a fome no mundo. Isso favoreceu a bem postada defesa alvinegra, que se safou da derrota e leva uma enorme vantagem para o Paraguai.

Mas o importante era não sofrer gols, né? Quero ver como será no caldeirão do Defensores del Chaco...

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

3 comentários:

  1. Meu caro, o Fluminense é um time que não tem mais o equilíbrio do ano passado. Tem uma referência no ataque, no caso o goleador Fred, mas a bola não chega com a qualidade de outros tempos. Desta forma, o time sofre com a falta de organização.
    O empate foi um resultado ruim. O Tricolor terá que vencer lá. É complicado. O Olímpia se mostrou um time maduro, que sabe jogar a Libertadores. Não acredito que o Flu passe, infelizmente.

    Abração
    Fábio Salgueiro
    fsalgueiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo, o Flu nem de longe é aquele que venceu o Brasileirão do ano passado, embora tenha a maioria dos mesmo jogadores, eu não sei o que o Abel Braga está querendo arrumar, um time que tem um padrinho forte que injeta muita grana, uma torcida que apoia o clube, e ele e seus comandados darem cada mole, sinceramente, acho que o Flu já foi até longe demais na competição.

    Saulo Maciel.

    ResponderExcluir
  3. Declaração infeliz do Abelão. Ganhar por qualquer resultado é muito melhor do que empatar sem gols. Acho q o Flu não resistirá ao Olímpia em Assunção. Time não está com a mesma pegada vencedora de 2012. Abraços

    ResponderExcluir

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!