Páginas

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Três times; três destinos!

Charles comemora o segundo gol - e o Palmeiras renasce na
Libertadores! (foto: Lancenet)
A Copa Bridgestone Libertadores está reservando grandes emoções ao trio de ferro paulistano. De todos os tipos.

Na terça-feira, o alviverde imponente entrou no Pacaembu sob a desconfiança do seu torcedor, cada vez mais preocupado com o principal foco do time em 2013: a volta para a Série A. Porém, nada como um jogo em casa, contra um adversário fraco, para trazer de volta a esperança da classificação que parecia improvável.

Danilo festeja o gol do Corinthians. A vaga veio, mas foi
sofrido! (foto: Guillermo Legaria / AFP) 
Caio e Charles foram os autores dos gols que colocaram os palmeirenses na segunda posição. Uma vitória sobre o Libertad, em casa, na próxima rodada, pode selar a classificação antecipada do time. Uma recuperação e tanto.

Outro que garantiu a vaga nas oitavas de final foi o Corinthians. Atual campeão da Libertadores e do Mundial, a equipe do Parque São Jorge não fez jus aos três pontos, na partida contra o Millonarios.

Uma terrível apresentação, salva com um gol de Danilo. O consolo é que a classificação veio. Mas se quiser sonhar com a viagem ao Marrocos, no final do ano, deverá fazer muito mais que fez em Bogotá.

Por falar em sonho, o terceiro representante da Capital do mais importante estado do país vai ter que começar a rezar se quiser sonhar com a vaga. O São Paulo vacilou na altitude de La Paz, perdeu para o The Strongest por 2 a 1 (gols de Solis e Cristaldo, este em falha grotesca de Rogério Ceni - que descontou de pênalti) e caiu para a terceira posição.
São-paulinos lamentam a derrota: a vaga ficou
difícil! (foto: Aizar Raldes / AFP)

Sem falar de altitude, pois hoje, qualquer clube profissional sabe como preparar seus atletas para jogar no ar rarefeito. O Tricolor atuou de maneira sólida e regular. Mas as falhas, especialmente do setor defensivo (de onde mais seria?) botaram tudo a perder.

Para se classificar, o tri-campeão mundial precisa vencer o Atlético-MG por, no mínimo, dois gols de diferença. E torcer para o clube boliviano não vencer o Arsenal. Um empate entre ambos serve para o São Paulo. Isso se o clube fizer a lição de casa.

O que, na atual situação e com o futebol apresentado, está longe de acontecer.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Um comentário:

  1. Aposto em quatro brasileiros na próxima fase da Libertadores: Atlético-MG e Corinthians, já classficiados, e Fluminense e Grêmio, que garantirão vaga. Palmeiras e São Paulo ficarão pelo caminho.
    Abração meu caro!

    ResponderExcluir

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!