Páginas

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

O adeus definitivo

Agora é definitivo: em 2013, Michael Schumacher será parte da história
da Fórmula 1. (foto: Itsuo Inouye / AP)
Muitos já escreveram sobre isso. Não vou entrar, portanto, nas glórias ou nos fracassos; nos momentos de genialidade ou nas polêmicas.

Resumo a saída definitiva de Michael Schumacher da Fórmula 1 da seguinte maneira: um pedaço da Fórmula 1 vai junto. Assim como aconteceu com muitos outros pilotos.

O que explica bem a importância do heptacampeão para a categoria.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!