Páginas

terça-feira, 18 de setembro de 2012

A caminho do bi

Como é bom ver pilotos que gostam de dar banho de
champanhe nas grid girls... (foto: f1passion.it)
Na MotoGP, uma boa prova no belíssimo circuito de Misano praticamente definiu os rumos do campeonato.

Daniel Pedrosa, que era o pole, foi obrigado a largar em último por problemas em sua Repsol/Honda. E por largar em último, estava mais propício à se meter em confusão.

Não deu outra: logo na primeira volta, acabou batendo em Hector Barbera, abandonou e viu seu rival na disputa do título, Jorge Lorenzo, levar o primeiro lugar com extrema tranquilidade. Valentino Rossi foi o segundo colocado em uma prova soberana, deixando claro que ele anda mais do que essa bicicleta da Ducati. O pódio foi completado por Alvaro Bautista, da San Carlo/Gresini, que superou Andrea Dovizioso por exatos três milésimos, a menor diferença já registrada em corridas internacionais. Impossível não lembrar de Marco Simoncelli, ex-piloto da equipe, a quem o pódio foi dedicado.

Lorenzo tem, agora, 270 pontos contra 232 de Pedrosa. O piloto da Yamaha já conseguiu o direito de poder ser segundo em todas as provas para faturar o bicampeonato. Pedrosa já deve estar rezando para Casey Stoner voltar logo.

Nas outras categorias do Mundial de Motovelocidade, nenhuma novidade. Marc Marquez e Sandro Cortese venceram mais uma e deram passos largos para conquistarem o caneco. Apesar de uma batalha intensa entre Marquez e Pol Espargaró e de um erro de Romano Fenatti que permitiu a vitória a Cortese.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!