Páginas

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Saindo por cima

Casey Stoner chega aos boxes e é aplaudido por toda a equipe
Repsol - com merecimento (foto: motogp.com)
Ele superou as expectativas.

Ele contrariou os médicos.

Depois da terrível queda nos treinos classificatórios, Casey Stoner desafiou a si mesmo e correu em Indianápolis.

"Rodrigo, ele é maluco". Exatamente.  Sua lesão no tornozelo não foi tão grave quanto a lesão no pulso que Nicky Hayden, da Ducati, teve ao cair também na qualificação.

Mesmo assim, parecia impossível o atual campeão do mundo participar da prova deste último domingo. Mas ele foi.

Tudo bem, não daria para brigar pela vitória - que ficou com seu companheiro de equipe, Daniel Pedrosa - muito menos brigar com Jorge Lorenzo pela segunda posição.

Mas somente o fato dele ter largado em sexto e chegado em quarto, inteirinho tomado pelas infiltrações que tomou antes da corrida, já mereceria um troféu.

Ao final da prova, emocionados pelo esforço de seu pupilo, os integrantes da Repsol - e das outras equipes também - começaram a aplaudir o australiano em seu retorno aos boxes, depois de receber a bandeirada. Nada mais merecido.

São atitudes como essa que me permitem dizer que, depois de Valentino Rossi, Casey Stoner é o melhor piloto do grid atual.

Ah, se a Honda de 2012 fosse tão boa quanto a Yamaha...

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!