Páginas

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Quem fala o que quer...

O momento que Daniel Pedrosa ultrapassou Jorge Lorenzo
para vencer mais uma! (foto: motogp.com)
No início das atividades no circuito de Brno, na República Tcheca, Jorge Lorenzo afirmou que "o desfalque de Casey Stoner era péssimo para o campeonato", ignorando por completo seu companheiro, Ben Spies e o segundo piloto da Repsol Honda, Daniel Pedrosa.

Não poderia ter havido melhor motivação.

A corrida realizada pelo espanhol número 26 foi uma das melhores já vistas na história da MotoGP. Sim, não acho que eu esteja exagerando, pois a pressão sobre ele era enorme, para quem tinha que vencer a qualquer custo, com o objetivo de manter viva a disputa pelo caneco da temporada.

Largando na pole, Pedrosa não teve maiores dificuldades para se manter na frente, sem ser incomodado por Lorenzo e por Carl Crutchlow, que largou muito mal, mas se recuperou para terminar em terceiro, garantindo seu primeiro pódio na temporada. Assim como o inglês da Tech 3, outros dois pilotos também merecem destaque: Valentino Rossi, que brigou na frente até onde sua moto deixou, e Randy de Puniet, que terminou em oitavo, a melhor posição de uma CRT nesta temporada. Aliás, ele e Aleix Espargaró estão fazendo miséria com as motos da Aspar.

Enquanto Lorenzo mantinha Pedrosa em sua alça de mira, Ben Spies assinava seu atestado de óbito na categoria, com uma apresentação horrível: de quarto, ele caiu para 15º na largada e, ao buscar a recuperação, caiu sozinho. Mais um abandono infantil do piloto americano, que a cada prova dá sinais de que não pode ser um piloto de ponta.

Na parte final da prova, enquanto Andrea Dovizioso, Stefan Bradl e Alvaro Bautista se degladiavam pelo quarto lugar, Lorenzo foi para cima de Pedrosa. A partir daí, ambos alternaram a dianteira da prova, até a última volta, quando parecia que o campeão de 2010 havia definido o rumo da prova e do campeonato. Mas o companheiro de Casey Stoner manteve a frieza e atacou nas duas últimas curvas, obrigou Jorge Lorenzo a abrir demais a penúltima curva e, na derradeira curva, Dani realizou uma ultrapassagem magnífica por fora, sem tomar conhecimento.

Uma ultrapassagem digna de um piloto que diminui a diferença no campeonato para 13 pontos. Ou seja, nada.

Sim, a situação ainda é muito confortável para Jorge Lorenzo. Mas seu compatriota só depende de si para conquistar o primeiro título na categoria principal. E isso é um motivador a mais.

Quem mandou o Lorenzo abrir a boca pra dizer asneira?

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!