Páginas

terça-feira, 26 de junho de 2012

Favorito?

Ele venceu de novo. Te cuida, Will Power! (foto: IndyCar)
E não é que Ryan Hunter-Reay venceu outra corrida? Desta vez, uma corrida maluca, em Iowa.

A corrida foi atrasada em 40 minutos porque havia chovido na região. Como todo mundo sabe, oval não combina com pista úmida. Logo na volta de apresentação, o motor de Dario Franchitti explodiu. Nos meus 24 anos acompanhando automobilismo, eu nunca vi nada parecido.

Tudo perfeito para Will Power. Mas aí o australiano acabou se acidentando com Ernesto Viso, e abandonou a prova. Típico acidente de corrida: um defendendo sua posição e o outro enxergando uma breca para ultrapassar. O mesmo acidente que tirou Ryan Briscoe e Josef Newgarden, quando o piloto da Penske era o líder.

Scoot Dixon chegou a liderar, mas com estratégia diferente, teve que ir aos boxes no final. Assim como Helio Castroneves, que sofreu a corrida toda com retardatários e terminou em sexto, logo à frente de Rubens Barrichello. Quem se deu bem foi Tony Kanaan, que subiu a pódio mais uma vez.

Ryan Hunter-Reay liderou a dobradinha da Andretti, pois Marco Andretti foi o segundo. A última havia sido na época que Tony Kanaan e Dan Wheldon corriam pela equipe, ou seja, faz muito tempo!

O campeonato segue altamente equilibrado: Will Power tem 286 pontos. Ryan Hunter-Reay tem 283, seguido por Scoot Dixon (271) e Helio Castroneves (261). A próxima etapa será dia 8, em Toronto. Voltam os circuitos mistos, para a alegria do líder. Será que, enfim, ele desencanta?

Ou será que o atual "bi-vencedor" irá se sobressair?

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!