Páginas

sábado, 12 de maio de 2012

Hora das quartas

Passados os jogos das oitavas de final da Copa Santander Libertadores, o funil aperta mais ainda. Agora, são oito equipes que brigam pelo título.

Descontando o Internacional (por motivos óbvios), todos os brasileiros que passaram da fase de grupos estão na competição. O Colorado foi eliminado de forma dramática pelo Fluminense, que ainda não mostra em campo a qualidade que seu elenco tem. Mas o Tricolor conta com Deco em grande fase e Fred marcando gol de tudo quanto é jeito.

Melhor que o Fluminense, só o Santos. Do meio-campo para frente, o melhor time da América do Sul e uma das melhores do mundo. A defesa, no entanto, é um fiasco. Me espanta que ninguém tenha imposto a tática de marcar o alvinegro praiano no seu campo de defesa, pressionando sua saída de bola. Sem nada a ver com isso, Ganso e Neymar deitam e rolam.

Vasco e Corinthians estão naquela lista de times bem armados e com excelente conjunto, mas sem tanto poder de desequilíbrio. O Vasco tem Juninho Pernambucano como arma na bola parada. O Corinthians só tomou dois gols e é o único que ainda não perdeu na competição. Ambos se enfrentam para uma provável missão ingrata: tentar tirar a "teórica" vaga de finalista do Santos.

Quanto aos estrangeiros, pouca novidade. Os favoritos avançaram. Libertad e Velez Sarsfield se garantiram com alguma dificuldade, mas sem sustos. O Boca Juniors sobrou frente ao Union Española. A Universidad de Chile reverteu um placar que parecia perdido.

As quartas de final prometem muita disputa. E que seja só no campo.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!