Páginas

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Festa dos improváveis e do rei

Quem disse que ele estava acabado?
A MotoGP protagonizou belas corridas em Le Mans. Claro que a chuva ajudou e, sendo assim, um show de quedas marcou a quarta etapa do Mundial de Motovelocidade.

A começar pela Moto3, que viu Maverick Viñales levar um tombaço, para a alegria do público local, que viu o francês Louis Rossi vencer - e a Marselhesa foi tocada pela única vez.

Sim. A expectativa de ter a bandeira francesa no alto do pódio nas três categorias foi encerrada logo de cara. Na Moto2, quem imaginava ver Marc Marquez dando show assistiu a uma vitória brilhante de Thomas Luhti, da Suíça. O local Johann Zarco exagerou na dose quando se aproximava do líder e também foi ao chão, assim como o espanhol líder do campeonato - que ainda voltou à pista para abandonar duas voltas depois.

Quem estava na lista dos favoritos e conseguiu vencer foi Jorge Lorenzo. Aliás, o espanhol da Yamaha venceu a segunda no ano e divide o número de vitórias em 2012 com Casey Stoner - apenas o terceiro no lendário circuito francês.

Entre eles, Valentino Rossi, da Ducati, que mostra desempenhos até mesmo superiores ao seu tempo de Honda e Yamaha, o que só reforça a opinião de muitos: o italiano é o melhor de todos os tempos, capaz até de superar lendas como Jarno Saarinen, Giacomo Agostini, Wayne Rainey, Kenny Roberts e Michael Dooham.

Afinal, sete títulos mundiais dizem tudo!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!