Páginas

segunda-feira, 23 de abril de 2012

O dérbi do século

Surpresa mais que merecida do Paulistão, o Guarani volta a
 uma fase semifinal após 19 anos.
Antes de começar, quero dizer que minha eterna opinião continua mantida: os estaduais não servem para mais nada. E é assim que os clubes devem pensar (com exceção de Mogi Mirim e Mirassol, que irão para a Série D do Brasileirão por conta da boa campanha).

Dito isso, às quartas de final. De um lado, o grandiosismo. Do outro, o renascimento.

São Paulo e Santos irão se enfrentar após cumprirem sua obrigação, pois tinham os adversários mais fáceis. Lucas e Luis Fabiano de um lado; Ganso e Neymar do outro. Um único jogo para definir se o tricampeão mundial conquista a taça que não vem desde 2005 ou se o alvinegro praiano leva um tri consecutivo, algo que não acontece há muito tempo.

Já na outra parte da chave...

Não, eu não considero vexame o que aconteceu com Corinthians e Palmeiras. Pensar dessa maneira é desmerecer por completo a excelente partida que Ponte Preta e Guarani fizeram frente aos seus adversários. E, convenhamos, chama-los de clubes pequenos é ignorar totalmente a história deles.

Mas é fato que foi um resultado inesperado. Muito mais para o Corinthians, que liderou a primeira - e modorrenta - fase para "cair da ponte" e ficar pelo caminho jogando em casa.

A conclusão disso tudo, portanto, é que os rivais da segunda cidade mais importante do Brasil mostraram sua força, em especial, para o Campeonato Brasileiro. E se é verdade que a rivalidade local conta muito mais do que a nacional, temos que afirmar que Campinas vai parar.

Férias forçadas

O Flamengo perdeu mais uma vez no Campeonato Carioca para o Vasco e, como já havia sido eliminado da Libertadores, só volta a jogar na abertura do Campeonato Brasileiro, no dia 27 de maio, contra o Sport. O problema do rubronegro não é a derrota em si, mas toda a péssima administração da Patrícia Amorim, que resulta em reflexos negativos no campo. Pior foi o Joel Santana querendo a prisão do humorista do CQC, dizendo sobre a piada feita na coletiva ser "um crime". Joel, crime é você ter se tornado técnico.

Abatimento do inimigo

Grêmio e Internacional decidem o segundo turno do Gauchão. Mais do que o título, a partida eliminará um dos rivais da grande final, pois o Caxias só aguarda o resultado do Gre-nal.

Salvação

O América deu sinais de que arrasaria o Cruzeiro. Os 3 a 0 no placar, até os 25 minutos do segundo tempo, mantiveram essa sensação. Mas a Raposa marcou dois gols e, mais do que diminuir o sofrimento, manteve firme uma possível reação no jogo de volta.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

2 comentários:

  1. Parabéns ao Rodrigo pelo blog que escreve de uma maneira sucinta do futebol sem ser cansativa. Eu como mulher não sou chegada ao futebol, mais esse blog as informações são tao precisas que queremos ler toda a matéria! Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Belas palavras meu amigo, assim fica difícil né o torcedor do Brasil.
    Realmente como bem escreveu sua amiga natalinha, seu texto não é cansativo e além de direto e sem rodeios diz o que tem que ser dito e ainda faz rir em alguns momentos. O CQC se supera a cada pitaco, o Flamengo mereceu, pena mesmo é uma mulher no comando do clube, esse meio é totalmente machista, pode falar o que quiser, Ela ainda vai acabar afundando ainda mais o Fla que está abaixo do fundo do poço e olha que piora viu. Já vi o Santos em abismos intermináveis, mas a família Teixeira ajudou a colocar o clube nos eixos. Pena que algumas modalidades sofreram com a atual diretoria.

    Abraços,

    ResponderExcluir

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!