Páginas

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Ele tem a força!

Duas vitórias seguidas. E Will Power mostra porque é o
rei dos circuitos mistos na IndyCar.
Subestimaram o australiano.

Largando em 12º, alguns poderiam imaginar que o piloto da Penske seria carta fora do baralho. Mas esses alguns, com certeza, não conheciam o circuito de Long Beach, onde qualquer erro é crucial.

Sendo assim, Will Power apenas administrou sua corrida, no início, para dar o bote certeiro na estratégia. Com uma parada a menos que a maioria dos adversários, Power venceu e assumiu a liderança do campeonato.

O destaque, no entanto, foi Simon Pagenaud, da Sam Schmidt, que foi o segundo. Ao contrário do vencedor, o francês estreante partiu para três paradas. Perdeu a prova por muito pouco, o que mostra que a estratégia foi válida.

Mesma estratégia adotada, mesmo que com mudanças durante a prova, por Rubens Barrichello. O brasileiro partiu para duas paradas. No meio da prova, descobriu que teria que parar para um splash and go. E sentou a bota, chegando a ocupar o terceiro posto. Acabou em 9º lugar, vítima de um toque de Helio Castroneves na última curva. O brasuca da Penske não pode ser crucificado. Mas ele poderia ter evitado a batida. Foi punido com 30 segundos, assim como Ryan Hunther-Reay, que fez o mesmo com Takuma Sato. Sendo assim, James Hinchcliffe completou o pódio.

Helinho terminou em 13º. O outro brasileiro, Tony Kanaan, foi o que melhor aproveitou a confusão da corrida, ao chegar em 4º, depois de largar em 19º.

A próxima etapa acontece dia 29, nas ruas de São Paulo. Ou seja, motivos de sobra para acreditar em uma vitória. Isso se o canguru não saltar para mais um triunfo em circuito misto!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!