Páginas

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Babaquice e estupidez ao extremo.

Antes de dizer o que penso, leiam o que o Erick Von Draxeler escreveu em seu site:

"Foi-se o tempo que o Pânico era engraçado, é a minha opinião sobre esse programa. De alguns anos pra cá, eles têm forçado cada vez mais a barra pra tentar ser engraçado, mas eu, particularmente, não consigo mais achar graça no Pânico.

Quando eu tava na faculdade, eu não perdia um programa. Mesmo com a retirada do meu quadro favorito, a Hora da Morte, eles ainda conseguiam fazer umas coisas legais no programa. Aí o nível do programa, do nada, começou a despencar, até chegar, na minha opinião, ao fundo do poço com a imagem acima.

Como que o Vesgo se sujeita a uma merda dessas? Se permite engordar desse jeito, estragando sua forma física e sua saúde (talvez pra sempre) pra ganhar um Porsche, que, no final, foi revelado ser uma miniatura? Ou seja: o cara foi ludibriado por seus próprios colegas de programa só pra agradar um bando de babacas que ainda perdem tempo assistindo o Pânico.

Tudo bem, fizeram o Bola emagrecer. Se tivessem feito só isso, aí o programa estaria dando um ótimo exemplo. Mas precisavam engordar o Vesgo desse jeito? De boa, se eu fosse o Vesgo, sairia do programa na hora e exigiria uma indenização por danos morais.

Perderam completamente o respeito. A graça eles já tinham perdido há décadas..."

Assino embaixo. Esta merda de programa deveria ser RETIRADO DO AR. Sim, sem cerimônias e sem frescuras. Será que não tem nenhum órgão competente o suficiente nesta pátria de terceiro mundo com culhão o suficiente para tomar uma providência exemplar?? Infelizmente, existem pessoas com o Q.I. de uma mosca com AVC, que assistem e dão audiência a uma podridão dessas.

Eu diria que isso me entristece, mas ao saber que isso é Brasil, nem consigo ter tal sentimento.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

6 comentários:

  1. O Pânico está cavando a própria sepultura. E o CQC, se não tomar cuidado, pode terminar do mesmo jeito. Ambos com a lápide: "Aqui Jás O Bom Senso".

    ResponderExcluir
  2. Bom nunca consegui assistir o Panico na TV* mais que 5 minutos por realmente achar todo aquele 'humor' uma falta de respeito com tudo e com todos,mas principalmente como eles tratavam as mulheres.E nunca conseguir entender, por que as pessoas (mulheres, homens, colegas de faculdade, pessoas com estudos) achavam engraçados toda aquela babaquice. Percebi que é apenas uma alienação da população procurando algo para dar risada independente de qualquer coisa. No passado, no presente e no futuro faço as suas palavras as minhas :"Infelizmente, existem pessoas com o Q.I. de uma mosca com AVC, que assistem e dão audiência a uma podridão dessas. Eu diria que isso me entristece, mas ao saber que isso é Brasil, nem consigo ter tal sentimento." Porque a culpa não é das pessoas que assistem e sim do sistema que vivemos!

    *(porque do radio existe algumas entrevistas interessantes)

    ResponderExcluir
  3. Aff... Não tem nem oq falar sobre uma babaquice desse tipo... Nunca gostei de pânico... Azar o dele que agora tem uma saúde nada saudável...

    ResponderExcluir
  4. Foi o tempo em que se dava pra ver esse programa, cada dia pior. Cada hr uma idiotice nova.

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho o seguinte ponto-de-vista: Acredito que a televisão brasileira tenha uma enorme influência política nesse aspecto relacionado à comunicação em geral, mas enfim, que seja! O programa desde então, nunca foi produtivo de chegar a um ponto de ser do tipo "interativo" e que realmente haja entretenimento, diversão à nivel cultural para que o povo absorva algo produtivo no seu cotidiano. Quanto ao caso os atuantes citados, seria de maior valia usar a criatividade no sentido de transmitir aos telespectadores algo em prol das nossas necessidades como educação, saúde e outro atributo, e acedito que teria um retorno muito mais produtivo e aceitável por todos.

    ResponderExcluir
  6. imagina se o povo tivesse escolhido a sabrina... como ela ia ficar???

    ResponderExcluir

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!