Páginas

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

A salvação ou o começo do fim???


Bom, como o Victor Martins publicou em seu blog, Interlagos pode ganhar uma nova reta dos boxes, que seria na atual Reta Oposta.

À primeira vista, parece coisa de doido. Ainda mais se analisarmos que o atual paddock fica em uma área elevada, em relação aos estacionamentos. Quem já foi a Interlagos sabe que, principalmente, a área de estacionamento é muito mal organizada e aproveitada. Ou seja, dá para ampliar tal elevação sem atrapalhar nada. E mantém-se a reta atual. Mas, para isso, necessita-se de dinheiro, boa vontade e mãos à obra. E esses termos não são muito bem conjugados em nosso país...

Outros julgam que a mudança dos boxes vai fazer aumentar o público. Balela. Interlagos vive lotada nos fins de semana de corrida de Fórmula 1. Não seria a mudança de reta que faria o público aumentar.

Porém, o maior problema está no saudosismo barato de dirigentes, jornalistas (alguns), pilotos (alguns) e torcedores (muitos), que insistem em manter o arcaico circuito antigo, sem demolições, o que só atrasa qualquer reforma de verdade.

(não que seja a principal razão, mas é explicável)

Para quem nunca foi ao autódromo, a única arquibancada fixa de Interlagos encontra-se na Reta dos Boxes. E isso acontece porque, em grande parte, muitos automaníacos sentem calafrios de pensar em uma desativação perpétua do circuito antigo (que tinha mais de 7 km) em prol da modernização definitiva de Interlagos. Oras, o espaço das antigas retas e curvas é suficientemente amplo para se construir estacionamentos e arquibancadas fixas. E manter a Reta atual como sendo a Reta atual, e não transformar Interlagos em Silverstone. Essa é somente minha opinião. Mas é de se pensar.

No fim das contas, ficamos em uma sinuca de bico: modernizarmos, para garantir a Fórmula 1 por muitos anos? Ou defender a opinião da maioria dos nossos automaníacos, de pensar no automobilismo nacional e correr o risco de termos um circuito totalmente largado às moscas??

Eu fico no 50-50: nada de mudar paddock de lugar. E sim, investir dinheiro (e muito) para reformar de verdade, como foi feito em Zeltweg.

Bons exemplos ninguém vê... esse é o Brasil!

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

2 comentários:

  1. E com isso, Bernie Ecclestone já começa a sonhar com o GP do Azerbaijão...

    ResponderExcluir
  2. Faz tempo que ele pensa nisso... Azerbaijão, Omã, Kuwait, Ilhas Cayman... =D

    ResponderExcluir

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!