Páginas

domingo, 16 de janeiro de 2011

Título e alerta

Sim. É a primeira vez que um campeonato de futebol feminino serve para alertar sobre o futuro da categoria.

Como esperado, o Santos venceu o Torneio Internacional, disputado em Araraquara. Mas o sofrimento que foi para vencer o Foz do Iguaçu, na final (o placar foi 3 a 2) mostra que as outras equipes estão em franca evolução. Porém, o que deveria ser motivo de festa acaba se transformando em receio. E o motivo é simples: o pouco caso da diretoria atual do Santos com o futebol feminino.

A torcida santista pode falar o que quiser, mas foi o Marcelo Teixeira quem mais fez pelo esporte no Brasil, ao investir pesado na contratação de jogadoras de seleção. Aí, a Sports Promotion, juntamente com a Band, organiza o Torneio Internacional, o Kleiton Lima aparece para dizer que as meninas deveriam se poupar para a Copa do Mundo... e é demitido do clube, juntamente com o treinador de goleiras, Ricardo Navarro. A justificativa oficial da diretoria é de que, como ambos estão na Seleção, o clube busca alguém que se dedique integralmente ao clube.

Estranho, muito estranho.

Logo em seguida, duas jogadoras de Seleção, Fran e Renata Costa, pedem dispensa por não estarem sendo aproveitadas. Só sendo louco para deixar duas jogadoras de nível internacional saírem do clube. Tudo bem, o elenco do Santos é inchado demais, tem mais de 40 jogadoras, é necessário encurtar um pouco. E é bom que as grandes jogadoras se espalhem pelos clubes que começam a se destacar no país: Duque de Caxias, São Francisco (BA), Mixto (MT), Foz (PR)...

O que soa estranho é a forma com que isso tudo acontece. A saída das jogadoras era para ser feita de uma forma decente, afinal, é quase certo que as duas (isso sem contar a Érika, que deve jogar na equipe paranaense) estarão na Alemanha, buscando o título mundial.

Aí, vejam vocês, a Marta, após terminar seu contrato com o Santos, corre o risco de não ter onde jogar, simplesmente, porque nenhum clube do mundo (isso mesmo, MUNDO) está disposto a pagar o que ela merece. Não duvidem, torcida santista, que se fosse a antiga diretoria, a Marta ficaria na Vila todo o ano. Até agora, não dá para afirmar que a atual diretoria tem a mesma vontade com as Sereias da Vila.

O que nós, torcedores do esporte, desejamos é que essa debandada sirva para alavancar o esporte em vários lugares de vez. E que o projeto das Sereias da Vila não morra na praia. É muito bom ver outros clubes vencendo (ter apenas uma equipe conquistando tudo é ruim demais, para qualquer esporte), mas o projeto do Santos é exemplar.

E não pode se destacar negativamente, como tem ocorrido.

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Adicionar ao Tumblr Adicionar ao Linkedin Adicionar ao Blogger Adicionar ao Wordpress Enviar por e-mail Imprimir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBS: Comentários anônimos serão excluídos. Para inserir o seu nome, basta clicar em "Nome/URL". Não é necessário preencher o campo URL caso não tenha!

No lugar do nome, podem colocar o Twitter, o e-mail ou o site pessoal. Mas não pode ficar anônimo!